Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora:
SITE__0014_FORRO NATIVA
No ar: FORRÓ NATIVA

Das 02:00 as 06:00

SITE__0015_CORACAO SERTANEJO
No ar: CORAÇÃO SERTANEJO

Das 06:00 as 08:00

SITE__0020_AS 40 MAIS
No ar: AS 40 MAIS

Das 08:00 as 11:00

SITE__0008_MANHA NATIVA
No ar: MANHÃ NATIVA

Das 08:00 as 11:00

LOGO_2018_arena_nativa
No ar: ARENA NATIVA

Das 11:00 as 14:00

SITE__0023_TE AMO PRA SEMPRE
No ar: TE AMO PRA SEMPRE

Das 12:00 as 14:00

SITE__0021_ACONTECEU COMIGO
No ar: ACONTECEU COMIGO

Das 13:00 as 13:20

LOGO_2018_progamacao_musical
No ar: Programação Musical

Das 13:20 as 13:59

SITE__0005_NATIVAO
No ar: NATIVÃO

Das 14:00 as 15:00

LOGO_2018_alo_nativa
No ar: ALÔ NATIVA

Das 14:00 as 16:00

SITE__0025_TardeNativa
No ar: TARDE NATIVA

Das 15:00 as 18:00

SITE__0025_TardeNativa
No ar: TARDE NATIVA

Das 16:00 as 18:00

LOGO_2018_arena_nativa
No ar: ARENA NATIVA

Das 18:00 as 19:00

SITE__0017_BOTECO DO GALINHA
No ar: BOTECO DO GALINHA

Das 19:00 as 22:30

SITE__0016_COMPANHIA DE AMIGOS
No ar: CIA. DE AMIGOS

Das 19:00 as 22:30

SITE__0009_LOVE SONGS
No ar: LOVE SONGS NATIVA

Das 22:00 as 02:00

SITE__0018_BALADANATIVA
No ar: BALADA NATIVA

Das 22:00 as 03:00

SITE__0004_PAIXAO NATIVA
No ar: PAIXÃO NATIVA

Das 22:30 as 02:00

Volta do sarampo no Brasil e queda na cobertura vacinal faz Campinas chamar população para se imunizar

Compartilhe:
vacina

Com o ressurgimento de casos de sarampo em estados da região Norte do Brasil e a diminuição da cobertura vacinal em Campinas (SP), a Secretaria de Saúde fez, nesta terça-feira (10), um chamando para que a população se imunize contra a doença. O último caso autóctone, ou seja, contraído no município, foi em 1997; já o último registro na cidade ocorreu em 2011, e era importado.

Segundo a Secretaria de Saúde, a tríplice viral, que imuniza contra sarampo, caxumba e rubéola, está disponível em todas as unidades de saúde. Entre 2017 e 2018, a cobertura da 2ª dose está abaixo dos 80% (72,95% e 77,70%).

De acordo com a Prefeitura, o Ministério da Saúde irá realizar entre os dias 6 e 31 de agosto uma campanha nacional de vacinação para crianças até 5 anos. A meta de Campinas é imunizar 56,7 mil crianças dessa faixa etária durante a campanha. No entanto, as doses estão disponíveis em todas as unidades e a população pode se vacinar fora da campanha.

A diretora da Vigilância em Saúde, Andréa Von Zuben, afirmou que a preocupação é para que não apareçam casos em Campinas, principalmente no período de férias, onde muitas pessoas viajam para regiões ou países que ainda não erradicaram a doença. “É uma doença altamente contagiosa e que não tem um índice pequeno de letalidade”, disse.

O secretário de Saúde, Cármino de Souza, informou que a Prefeitura também fará vacinação para funcionários do Aeroporto Internacional de Viracopos e da Rodoviária de Campinas, por conta do contato com visitantes de outros estados. A imunização no aeródromo acontece nesta quinta (12) e sexta (13), enquanto a previsão para o terminal de ônibus é nos dias 17 e 18 de julho.

“A ideia é fazer com que a população se sensibilize. E não precisa esperar a campanha, pode ir nos postos, que nós vamos vacinar. Tem vacina. A preocupação é porque a doença está no Brasil de novo, além dos casos em Roraima e no Amazonas, já tivemos registros de casos no Rio de Janeiro e no Rio Grande do Sul”, explicou o titular da pasta.

Surtos

O Brasil passa por dois surtos de sarampo em 2018: até o dia 4 de julho, Rondônia contabilizava 200 casos confirmados e 2 mortes, enquanto o Amazonas tinha 263 registros. Quatro casos também foram registrados no Rio de Janeiro e estão sob investigação. Também há notificações de 7 casos no Rio Grande do Sul.

O Brasil recebeu o registro de eliminação do sarampo pela Organização Mundial da Saúde em 2016. Recentemente, contudo, novos casos foram introduzidos no Norte do país por uma combinação de não-imunizados brasileiros e infecções vindas da Venezuela.

Fonte: G1 (texto copiado na íntegra)

Deixe seu comentário:

Curta no Facebook

Promoção